supertramp_grande O clássico “Breakfast in America” é o single do álbum com o mesmo nome lançado em março de 1979 pelos Supertramp. O disco vendeu milhões de cópias em todo o mundo e catapultou a banda britânica para o sucesso.

Breakfast in America: a música que quase não existiu

A música “Breakfast in América” – traduzida para o português como “Pequeno-almoço na América” – marcou uma geração. Apesar da gravação ter sido marcada pela tensão entre dois elementos da banda – Rick Davies e Roger Hodgson – foi o maior êxito dos Supertramp.

A verdade é que Rick Davies não gostou da música “Breakfast in America” e não a quis incluir no álbum, muito menos usar o nome do single para o título do álbum. Felizmente, mudou de deias.

Este êxito musical é uma verdadeira amostra da gama de sons e possibilidades que podem ser produzidas num piano elétrico Wurlitzer. Usado em quase todas as canções deste álbum,  este piano eléctrico pode replicar uma série de sons diferentes.

Os Supertramp são uma banda de rock britânica, formada em 1969. Classificados numa primeira fase como rock progressivo, conquistaram com o passar dos anos um nome no rock tradicional, pop e art rock.

Ao perceber o sucesso musical conseguido, a banda apostou em elementos mais convencionais e aceitáveis na rádio. Só na décafa de 1970 chegaram a vender mais de 60 milhões de álbuns – atinfgindo o pico com “Breakfast in America”, o single que se traduziu em mais de 20 milhões de vendas.