faithnomore_grandeCaffeine” integra o álbum “Angel Dust” dos Faith No More. O disco é de 1992 e é, atualmente, considerado como um dos mais influentes da história da música.

 

 

“Caffeine”: a cafeína dos Faith No More

“Angel Dust”, disco que integra “Caffeine” é até hoje o álbum mais vendido dos Faith No More fora dos Estados Unidos da América. Até à data foram vendidas mais de 670 mil cópias. O tema em questão foi escrito pelo vocalista, Mike Patton, que se inspirou em assuntos que aparentemente nada têm que ver uns com os outros. Entre eles, um teste de personalidade com mais de duas mil questões, bolinhos da sorte e programas de late-night da televisão americana.

Períodos de insónia e privação de sono deram origem às letras de “Land of Sunshine” e de “Caffeine“. De acordo com o próprio, Patton pegou no seu carro, conduziu-o para uma área degradada da cidade e assistiu dentro da viatura aos comportamentos das pessoas que por ali passavam. “Coffee Shops e locais onde ‘white trash’ [termo usado para designar as camadas desfavorecidas dos EUA associadas ao mundo das drogas e deliquência] jantam foi uma grande inspiração“, disse numa entrevista à Circus Magazine.

“Angel Dust” representa um marco na história dos Faith No More. Este foi o primeiro álbum de estúdio que não contou com a participação do guitarrista Jim Martin e o segundo de Mike Patton. Apesar disso, foi apenas em Angel Dust que o estilo do icónico vocalista fez sentir pela primeira vez, já que no disco anterior as letras haviam sido escritas pelos outros membros da banda.

Se é um fã dos Faith No More ou se é um apreciador de café, veja como a bebida pode influenciar canções. Clique e descarregue já o tema “Caffeine“.