jonimitchell_grandeTea Leaf Prophecy” é o quarta faixa do disco de 1998 de Joni Mitchell, “Chalk Mark in a Rainstorm”. A música conta com a participação de Wendy e Lisa nos “back vocals”, uma dupla famosa que começou por trabalhar como suporte a artistas  até que conseguiu gravar o seu próprio álbum.

 

Tea Leaf Prophecy: uma crónica ao amor na 2.ª Guerra Mundial

Esta canção tem como pano de fundo a 2.º Guerra Mundial. Nos primeiros versos, ouvimos de imediato o apelo “Não estudem mais a guerra/baixem os braços/Não estudem mais a guerra/Baixem-nos, baixem-nos agora.”

Após uma referência aos homens que foram enviados para combater o terror dos Nazis, é introduzido o nome de Molly McGee, uma vidente que está a ler o futuro de uma rapariga – talvez Joni Mitchell – através das folhas de chá.

“Vais casar dentro de um mês, dizem elas/Estas folhas são loucas! Olha para esta cidade – não há homens!”. A canção prossegue, referindo sempre Molly McGee no refrão e descrevendo-a como a mulher que, tratando do seu jardim, promete ir embora um dia mas nunca vai. Uma música sobre guerra, futuro e história.

Joni Mitchell – nome artístico para Roberta Joan Anderson – é uma artista canadiana que divide o seu tempo entre a pintura e a música. Após a estreia em clubes norturnos, Joni Mitchell acabou por se mudar para os EUA onde iniciou a carreira que ainda hoje continua.